APRENDENDO A Pensar (quota 3)

19 Feb 2018 06:59
Tags

Back to list of posts

is?oK0JccPdkW9hL4usQ9lDfvSVuzEPuWrkYxeZZJM0QNo&height=197 JOGOS DE INTERPRETAÇÃO (com as Artes Plásticas): fazer o aluno perceber que ele é qualificado. Estes jogos ajudam o aluno a se perceber seguro pra promoção de alguma coisa por intermédio de teu poder de expressividade criativa e interpretativa. Ajudam bem como a condizer as intenções intelectuais ao gesto exposto para a materialização e entendimento da vontade própria do ser, liberando a espontaneidade do aluno pra promoção de alguma coisa apresentado por ele mesmo.COLAGENS. Divide-se a turma em pequenos grupos. O instrutor dá a cada grupo uma imagem feita por um pintor, em seguida pede aos grupos pra interpretarem a imagem por meio de recortes de revistas. Os alunos deverão diminuir e colar tudo numa folha de cartolina, observando a coerência com a pintura em charada. Depois de isso cada grupo mostra o que formou e explica o porquê da escolha das imagens afixadas pela cartolina. OBS: para essa atividade o instrutor terá de disponibilizar aos alunos revistas velhas, (ou pedir no dia anterior dessa atividade, para que os alunos tragam revistas velhas de moradia); tubo de cola; tesouras de papel; cartolina.Todo o objeto terá de ficar no centro da sala pra que esteja ao alcance de todos. Criando UMA CENA. Divide-se a turma em dois grupos. CONTINUAÇÃO DA IMAGEM. Formam-se duplas e pra cada uma, o instrutor disponibilizará imagens de quadros, e pedirá as duplas para montarem uma cena anterior ou posterior ao quadro apresentado na imagem. Para tal atividade, o instrutor estipulará um tempo de 5 a 10 minutos pra duplas combinarem e ensaiarem a sua cena. Logo depois cada dupla mostrará ao grupo a sua visão.O QUE SE VÊ E O QUE Se entende. Em grupos (2 ou três), por orientação do instrutor, os alunos montam com o corpo humano, instrumentos que compõem um recinto. Ex: um quarto de dormir. Os alunos representarão os instrumentos que normalmente compõem um quarto, como cama, guarda-roupas, produzido-mudo, etc. Os ambientes propostos normalmente são: quarto/ cozinha/ banheiro. CONSTRUÇÃO Rapidamente. Com grupos (2 ou 3), o instrutor pede pra que alguns alunos d cada grupo montem com folhas de jornal, divisão de objetos que serão completados com o próprio corpo de outros colegas do grupo.Esses poderão referir sons, gestos característicos, expressões, etc, do utensílio elaborado. Ex: construir um avião, um barco, um macaco, um cachorro, etc. O instrutor dará aos grupos cerca de 10 a 15 minutos para a atividade. Após isso cada grupo mostrará o que fez. OBS: pra esta atividade o instrutor pedirá no desfecho da aula do dia anterior para que os alunos tragam folhas de jornal de suas casas para a aula do dia seguinte. O instrutor bem como disponibilizará aos alunos tesourinhas de papel, barbante e cola no dia da atividade da "construção veloz". Em todas as aulas haverá o modo de ALONGAMENTO e AQUECIMENTO no início das atividades, e no fim das atividades do dia haverá o serviço de RELAXAMENTO, ambos momentos acompanhados de música adequada pra cada atividade.A utilização das Artes Plásticas ocorrerá através da introdução dos JOGOS DE IMAGINAÇÃO (7º aula, estendendo-se às 8º e 9º aulas). ATIVIDADE DE Encerramento: a atividade de término da oficina tem por intuito fazer com que os alunos se despeçam destas atividades interiorizando todo o procedimento benéfico ao desenvolvimento emocional, corporal e de relacionamento. Essa dinâmica também consiste em consolidar nos integrantes do grupo, a gravidade da inter-ligação instituída durante a oficina, culminando na sabedoria e utilidade dos laços afetivos dentro do contexto social. 132 Harry Potter Edineide argumentou: 30/01/doze ás vinte e dois:07 Drufs - Autor(a): Eva Furnari - Editora: Editora Moderna 01 "Um Cachorro bem Treinado" 20 de setembro de 1986 José Francisco alegou 26/09/2011 às onze:Quarenta e seteAtividade proposta: "CORREDOR DE EMOÇÕES". O instrutor divide a turma em duas colunas (de preferência com número idênticos de participantes), e com uma fileira de frente para outra, um a um, os alunos do término de cada coluna atravessará o corredor com os olhos fechados. OBSERVAÇÃO 1: o outro aluno só entrará no corredor quando o colega que atravessa prontamente estiver se posicionado no começo da fileira.OBSERVAÇÃO 2: o instrutor vai ter que deixar claro que os colegas deverão ser cuidadosos e gentis pra não machucarem o amigo que atravessa o corredor, e assim como pra respeitá-lo evitando gestos maliciosos. OBSERVAÇÃO três: Esta atividade é acompanhada de música suave que direcione o grupo ao sentimento de companheirismo, carinho e segurança.

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License